Instituto Carlos Roberto Hansen 1.3

CONSTRUINDO PARA O FUTURO

O Instituto Carlos Roberto Hansen ICRH tem por finalidade a formação do cidadão do futuro, focando o desenvolvimento de Crianças e Adolescentes.

“Nosso objetivo é contribuir para a melhoria da qualidade de vida de um número cada vez maior de pessoas, com o foco em crianças e adolescentes, principalmente nas regiões onde o Grupo Tigre mantém suas unidades.”
Felipe Hansen Presidente do ICRH

História do ICRH

O ICRH começou formalmente suas atividades em 30 de outubro de 2003, dando início a uma nova etapa de envolvimento social e comunitário do Grupo Tigre.

Foram os princípios e valores da Tigre, implantados por João Hansen Júnior e perpetuados por Carlos Roberto Hansen, que levaram a presidente do Conselho de Administração da Tigre S/A, Rosane Maria Fausto Hansen, a criar um Instituto que, a partir daquele momento, passou a abrigar todas as ações de cunho comunitário do Grupo.

"O Instituto Carlos Roberto Hansen vem atingindo seus objetivos e deverá continuar nesta escalada de crescimento para fazer um trabalho de grande alcance social. A ação voluntária de inúmeros funcionários da Tigre, que doam horas de trabalho, dedicação e competência, garante o sucesso deste projeto social", avalia Zeha Miguel Zattar Neto, diretor-executivo do ICRH.

As ações do ICRH são destinadas às comunidades onde a Tigre tem seus Centros Operacionais: Joinville (SC), Rio Claro (SP), Camaçari (BA), Castro (PR), Indaiatuba (SP), Osasco (SP), Escada (PE) e Pouso Alegre (MG), no Brasil, e ainda na Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai, Estados Unidos, Equador, Peru, Colômbia e Uruguai.

Pessoas em primeiro lugar

Mais do que a realização do sonho do ex-presidente, o Instituto Carlos Roberto Hansen, é a continuidade de sua linha de pensamento e trabalho. Resume e reúne a postura de um grupo empresarial que sempre colocou em primeiro lugar as pessoas e que sempre valorizou sua comunidade.

O Instituto é um dos pilares do conceito de sustentabilidade da empresa, que se constrói no equilíbrio entre a atividade econômica, o cuidado com o meio ambiente e o bem-estar das pessoas.

Investimentos

Os investimentos, desde 2003, somam R$ 45,5 milhões, com benefícios acumulados para 3,2 milhões de pessoas. O total de projetos apoiados ultrapassa a 5.763, em 13 anos.

Balanço
Investimentos 45,5 milhões em 13 anos
Beneficiados 3,2 milhões em 13 anos
Projetos apoiados 5.763 em 13 anos

Pilares do ICRH

Somar para o futuro do país, contribuindo com a educação, cultura e esporte na vida de milhares de jovens e adolescentes, sem descuidar da Saúde e do Saneamento Básico, são diretrizes do Instituto Carlos Roberto Hansen.

Educação e Cultura

A educação e a Cultura são base para a formação da cidadania, do conhecimento, da evolução individual e da coletividade. Entre os diversos projetos apoiados pelo ICRH para o fomento à educação e à cultura, vale destacar o Conexão Cultural, que leva cinema e outras expressões artísticas para todas as regiões do país.

esporte

A prática esportiva, no contraturno escolar, contribui para a integração do jovem, desenvolvendo o espírito de equipe, a competitividade e o senso social. Além disso, mantém a criança e o adolescente envolvido com atividades saudáveis.

Um dos exemplos é Programa de Iniciação Desportiva. Uma iniciativa da Fundação de Esportes, Lazer e Eventos de Joinville, o programa conta com 16 modalidades esportivas no contraturno das escolas públicas do município. São dezenas de núcleos espalhados em 32 bairros da cidade.

Saúde e Saneamento

Também está no centro dos esforços do ICRH a promoção da Saúde, orientada principalmente para ações de melhoria sanitária e de saneamento básico.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, para cada dólar investido em saneamento básico, economiza-se quatro dólares em saúde pública.

Devido à história de Carlos Roberto Hansen, e à vocação da principal mantenedora do Instituto, a Construção Civil é a sua principal forma de apoio à Saúde.

Através do programa Atitude Solidária, entre outros, o ICRH destina recursos para o FIA – Fundos da Infância e da Adolescência, para investimentos em projetos de atenção à criança.